‘Bolhas de viagem’ serão tendência

‘Bolhas de viagem’ serão tendência

Países da Ásia e Oceania que já controlaram a pandemia ensaiam saídas para manter em atividade o segmento do turismo – mas isso só daqui a alguns meses

Com ainda bastante incerteza sobre o futuro da economia, os países ao redor do mundo – principalmente na Ásia e Oceania – estão procurando maneiras de manter seus segmentos de turismo em atividade.

Dançarinas na Tailândia usam protetor facial em apresentação – o adereço deverá ser integrado ao circuito turístico internacional

Uma das ideias é criar ‘bolhas de viagem’ entre países vizinhos que já passaram ou controlaram o surto causado pela Covid-19 – como a Austrália e Nova Zelândia, e ainda Vietnã e a Tailândia, que podem tentar criar um ‘corredor de viagem’ nos próximos meses. Por enquanto, apenas as viagens domésticas estão autorizadas nesses países.

Por outro lado

A maior expectativa, no setor de turismo internacional, é saber quando os Estados Unidos irão controlar a pandemia e liberar o acesso de turistas àquele país e quando a China irá liberar viagens ao exterior – por ser, historicamente e  até a explosão da crise, o maior emissor de turistas para o exterior.

Mas, uma coisa é certa: outros países que não tiverem a situação sob controle, como é o caso do Brasil, serão deixados de fora do circuito do turismo por um período de tempo. Incluindo barrar a entrada de brasileiros em muitos desses destinos.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*