Documentário enfoca Vitalli e o espaço Pombal

Documentário enfoca Vitalli e o espaço Pombal

O multi facetado artista Luiz Vitalli, que comandou a cena do teatro amazonense na segunda metade do século passado, ganha um documentário assinado pelo cineasta Cleinaldo Marinho

O cineasta amazonense Cleinaldo Marinho decidiu registrar momentos da homenagem feita ao multi artista Luiz Vitalli, no Pombal Arte e Espaço Alternativo, após sua morte em Manaus, e transformá-los em um interessante documentário sobre a produção teatral do grupo que revolucionou a cena manauara na segunda metade do século passado.

A iniciativa foi do cineasta amazonense Cleinaldo Marinho

No filme documental ‘Dabacuri do Teatro Amazonense e sua Dionisíaca Linguagem da Floresta’, previsto para ser lançado ainda neste mês de janeiro, integrantes do grupo Geração Floresta também dão depoimentos sobre o convívio com Luiz Vitalli.

O multi talentos Luiz Vitalli, homenageado no filme

Os depoimentos em clima de recordação reúnem Leonel Worton, Anderson Souza, Lilian Machado, Nika Jaqueline, Keyla Gomes e Carlinhos Maracá, alguns dos artistas que foram alunos de Luiz Vitalli no Espaço de Arte Pombal, que aproveitam o registro para atualizar lembranças deixadas pelo artista multi facetado.

“O processo de criação e filmagem desse projeto cinematográfico se dá pela emoção e pela satisfação em poder deixar registrado a grande contribuição que o Luiz Vitalli deixou diante das políticas públicas de cultura, no Amazonas. E também sua importância na formação de várias gerações de artistas e na sua estética singular, criada dentro do quintal fértil de arte do Pombal Espaço Alternativo.”, comentou Cleinaldo Marinho, diretor de cinema e ex-aluno de Vitalli.

Com informações e fotos da assessoria

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*